Crônicas de Drakarian: Caos

Crônicas de Drakarian: Caos

Kobo ebook | November 1, 2018 | Portuguese

Pricing and Purchase Info

$4.99

Prices and offers may vary in store

Available for download

Not available in stores

about

O continente nunca havia visto paz, em todos os milênios sempre algum reino estava em guerra, os nortenhos principalmente. A tríade de Norn, Tryke e Cianport, nunca havia sequer sentido alguns dias de trégua, Sunset Valley mantinha sua guerra fria com os elfos pilhavam algumas aldeias e os elfos retribuíam com mais sangue, e Drakarian sempre tinha de tomar um lado na maioria das contendas entre as cidade-estado, até que um o caos tomou conta da maior cidade do continente, Varstet filho de Varaer IV que foi brutalmente assassinado por uma incógnita, tomou armas em mãos e instaurou uma guerra civil, que durou anos. Quinze anos após a grande guerra civil, outra rebelião estourou nas mãos do até então Imperador Varstet, a famosa ordem draconiana lar dos irmãos Wyvern e Varaedron, sob a liderança de Varaedron que havia se intitulado o rei de Drakarian por antigas profecias, juntou todas as famílias de meio dragões e marchou para o palácio imperial, na última batalha quando Varaedron caiu em desgraça, levou consigo algo que talvez, fosse o bem mais precioso do imperador, sua esposa Rose, mas deixou algo que mudaria completamente o futuro do reino. O primeiro livro da saga Crônicas de Drakarian conta a história após a consolidação do poderoso império, todos os reis indiretamente se curvavam a uma só coroa, a de Varstet. Entretanto a ambição tomava cada vez mais o coração dos homens, que então começaram a olhar para o rei com inveja. Atentados contra sua vida se tornaram frequentes, comidas e bebidas envenenadas, flechas perdidas jogadas pelo ar em direção ao seu coração, mas a única coisa que lhe importava era sua filha mais nova Emerald, pois ele sabia que no dia de sua partida, a criança reinaria suas terras, conquistaria novas e talvez fizesse acontecer uma longínqua profecia, a qual dizia que um monarca assumiria o trono da cidade dos deuses, e todos aqueles que se opusessem teriam um fim em seus punhos de aço. "Um imperador para meu povo, um único imperador que reinará do dia de sua posse até quando os palácios se tornassem cinzas e o último homem deixasse escapar seu suspiro final".

Title:Crônicas de Drakarian: CaosFormat:Kobo ebookPublished:November 1, 2018Language:Portuguese

The following ISBNs are associated with this title:

ISBN - 10:8554547195

ISBN - 13:9788554547196

Reviews

From the Author

O continente nunca havia visto paz, em todos os milênios sempre algum reino estava em guerra, os nortenhos principalmente. A tríade de Norn, Tryke e Cianport, nunca havia sequer sentido alguns dias de trégua, Sunset Valley mantinha sua guerra fria com os elfos pilhavam algumas aldeias e os elfos retribuíam com mais sangue, e Drakarian sempre tinha de tomar um lado na maioria das contendas entre as cidade-estado, até que um o caos tomou conta da maior cidade do continente, Varstet filho de Varaer IV que foi brutalmente assassinado por uma incógnita, tomou armas em mãos e instaurou uma guerra civil, que durou anos. Quinze anos após a grande guerra civil, outra rebelião estourou nas mãos do até então Imperador Varstet, a famosa ordem draconiana lar dos irmãos Wyvern e Varaedron, sob a liderança de Varaedron que havia se intitulado o rei de Drakarian por antigas profecias, juntou todas as famílias de meio dragões e marchou para o palácio imperial, na última batalha quando Varaedron caiu em desgraça, levou consigo algo que talvez, fosse o bem mais precioso do imperador, sua esposa Rose, mas deixou algo que mudaria completamente o futuro do reino. O primeiro livro da saga Crônicas de Drakarian conta a história após a consolidação do poderoso império, todos os reis indiretamente se curvavam a uma só coroa, a de Varstet. Entretanto a ambição tomava cada vez mais o coração dos homens, que então começaram a olhar para o rei com inveja. Atentados contra sua vida se tornaram frequentes, comidas e bebidas envenenadas, flechas perdidas jogadas pelo ar em direção ao seu coração, mas a única coisa que lhe importava era sua filha mais nova Emerald, pois ele sabia que no dia de sua partida, a criança reinaria suas terras, conquistaria novas e talvez fizesse acontecer uma longínqua profecia, a qual dizia que um monarca assumiria o trono da cidade dos deuses, e todos aqueles que se opusessem teriam um fim em seus punhos de aço. "Um imperador para meu povo, um único imperador que reinará do dia de sua posse até quando os palácios se tornassem cinzas e o último homem deixasse escapar seu suspiro final".